<h1>O que é um creme vegetal?</h1>

O que é um creme vegetal?

Como o próprio nome indica, os cremes vegetais para barrar e cozinhar são de origem vegetal e têm como ingredientes essenciais óleos vegetais. Estes óleos vêm de sementes de girassol, linhaça, colza e palma*.

*A Unilever tem o compromisso de só usar gordura de palma ou seus derivados provenientes de fontes de origem sustentáveis.

A Origem do Creme Vegetal

Receita

Ingredientes

  • coco
    20g
    gordura de coco
  • coco
    20g
    óleo de girassol
    (3 colheres de sopa)
  • coco
    8g
    gema de ovo
  • coco
    5g
    água
    (2 colheres de chá)
  • coco
    0,35g
    sal
  • coco
    0,12g
    sumo de limão
  • coco
    Ervas
    (ex.: salsa, cebolinho e coentros)

Preparação

Preparação

1

Derreter a gordura de coco no fogão ou no micro-ondas.

Preparação

2

2. Durante o processo de derreter a gordura de coco preparar uma taça grande com água e introduzir alguma quantidade de gelo. Emergir uma taça mais pequena na taça grande.

Preparação

3

Quando a gordura de coco estiver derretida, verter o óleo de coco para a taça mais pequena.

Preparação

4

Adicionar óleo de girassol e começar a misturar bem ambos os óleos com uma vara de arames.

Preparação

5

Quando a mistura começar a ficar sólida e esbranquiçada adicionar a gema de ovo.

Preparação

6

Continuar a mexer e adicionar água, sal e sumo de limão.

Preparação

7

No final, adicionar ervas aromáticas a gosto (por exemplo, salsa, cebolinho e coentros).

Preparação

8

Misturar muito bem durante uns segundos e está pronto a servir.

Veja como é fácil de fazer, neste vídeo

A nossa fábrica de Santa Iría de Azóia é muito semelhante,
as quantidades é que são bem diferentes!

Creme Vegetal Vs Manteiga

    Descubra como usar os cremes vegetais no seu dia-a-dia:

Benefícios

Quais os benefícios dos cremes vegetais?

Mitos, Verdades e Testemunhos

O primeiro grande mito sobre cremes vegetais é que são o mesmo que uma margarina! Lá está, um mito! Os cremes para barrar vegetais são unicamente de origem vegetal e têm um teor de matérias gordas inferior ao das margarinas. No entanto, as margarinas têm visto nascer os mais variados mitos em seu redor, que aproveitamos para desmistificar...

O CREME VEGETAL FOI CRIADO PARA ENGORDAR PERUS

O CREME VEGETAL FOI CRIADO PARA ENGORDAR PERUS

O Creme Vegetal foi criado em 1869 por Hippolyte Mège-Mouriès e Napoleão III. Napoleão lançou um concurso para criar um creme para barrar o pão melhor do que a manteiga, do qual surgiu uma receita simples que deu origem ao creme vegetal para consumo das pessoas (e não perus!).

O CREME VEGETAL ESTÁ A UMA MOLÉCULA DE SER PLÁSTICO

O CREME VEGETAL ESTÁ A UMA MOLÉCULA DE SER PLÁSTICO

Tudo é feito de moléculas, incluindo as pessoas! O creme vegetal dos dias de hoje tem uma composição simples à base de água e óleos vegetais.

NEM AS FORMIGAS TOCAM NO CREME VEGETAL

NEM AS FORMIGAS TOCAM NO CREME VEGETAL

As formigas são atraídas por gordura animal e açucares e os cremes vegetais não são ricos nestes ingredientes na sua composição. Sendo assim, enquanto o creme vegetal é inútil para as formigas quando comparado com outras gorduras, é uma boa opção para nós!

O CREME VEGETAL É FEITO DE OSSOS DE ANIMAIS

O CREME VEGETAL É FEITO DE OSSOS DE ANIMAIS

Hoje em dia o creme vegetal é uma receita de origem vegetal muito simples que resulta da combinação de óleos 100% vegetais e água. Não tem ossos de animais!! A presença de qualquer ingrediente no creme vegetal é facilmente detetável através de uma análise em laboratório.

Qual é a diferença entre um creme vegetal e uma margarina?

Um creme vegetal contém um teor de gordura inferior a 80%. Se tiver um valor de gordura igual ou superior a 80% e um máximo 16% de água, designa-se por margarina. Todos os produtos Planta, Becel, Flora, Vaqueiro e Tulicreme contêm valores totais de gordura inferiores a 80%, sendo que por isso são designados por cremes vegetais para barrar ou para cozinhar de acordo com a especificação da sua receita.

Os cremes vegetais são isentos de glúten?

Sim! Os cremes vegetais são isentos de glúten porque não contêm trigo, centeio, cevada, aveia nem nenhum ingrediente derivado destes cereais. Por isso, podem ser consumidos por aqueles que têm intolerância ligeira ao glúten ou mesmo os doentes celíacos.

ORIGEM DOS INGREDIENTES

Origem dos óleos vegetais Provém das sementes de girassol. Este óleo é rico em ácidos gordos essenciais ómega 3 (gordura saudável) e em vitamina E. Nos nossos cremes vegetais usamos óleos de girassol provenientes de girassóis da Península Ibérica.


"

GIRASSOL

Provém das sementes de girassol. Este óleo é rico em ácidos gordos ómega 3 e em vitamina E. Nos nossos cremes vegetais usamos óleos de girassol provenientes de girassóis da Península Ibérica."
-

"

LINHAÇA

Provém das sementes de linhaça. Este óleo contém um elevado teor de gordura polinsaturada (gordura saudável) . Nos nossos cremes vegetais usamos óleos de linhaça provenientes da Alemanha."
-

"

COLZA

Provém das sementes colza. Este óleo é rico em gordura monoinsaturada e polinsaturada (gorduras saudáveis). Nos nossos cremes vegetais usamos óleos de Colza provenientes do norte da Europa."
-

"

ÓLEOS TROPICAIS

Óleo de coco provém da polpa do fruto fresco do coco. Gordura de palma* provém da amêndoa de palma. Ambos os óleos são originários dos Países tropicais. *A Unilever tem o compromisso de só usar gordura de palma ou seus derivados provenientes de fontes de origem sustentáveis."
-

O QUE SE DIZ POR AÍ...

  • O creme vegetal in Daily Cristina

    “Tira do frigorífico a Becel do pai.” Habituei-me a ouvir esta frase desde miúda na casa da minha mãe.
    Veja aqui o artigo completo

  • Escolha Vegetal in Cabaré do Goucha

    "Há referências que nos acompanham ao longo da vida, assim é com a Vaqueiro, Planta e Becel. Por isso é sempre com curiosidade que interajo com os seus representantes, nomeadamente num programa de televisão, como o “Você na TV”, confiante que estou na qualidade e garantia dos seus produtos."
    Veja aqui o artigo completo

  • Opte por soluções mais saudáveis in Sábado

    "Diz a Organização Mundial de Saúde que é fundamental saber escolher as gorduras mais saudáveis, dando prevalência às de origem vegetal, como os cremes vegetais para barrar e cozinhar."
    Veja aqui o artigo completo

  • 10 mitos e verdades sobre o creme vegetal in Sapo

    Acha que sabe tudo sobre o creme vegetal? Mas será que não são mitos? Reunimos as mentiras mais contadas e as verdades mais certas sobre o creme vegetal.
    Veja aqui o artigo completo

Perguntas e respostas

  • As gorduras são indispensáveis na alimentação?
    A Organização Mundial de Saúde recomenda uma ingestão diária de gordura, de cerca de 30% do valor calórico total. As gorduras asseguram as funções vitais do nosso organismo.
  • O que consumir? Gorduras de origem vegetal ou animal?
    As gorduras vegetais como os cremes vegetais para barrar e cozinhar e as margarinas são ricas em gorduras insaturadas (monoinsaturadas e polinsaturadas). As gorduras de origem animal (manteiga, natas) são compostas, essencialmente, por gordura saturada, colesterol e por gorduras trans.
  • Onde podemos encontrar os diferentes tipos de gordura?
    Nos alimentos de origem animal, existe, maioritariamente, gordura saturada. Contrariamente, nos alimentos de origem vegetal, prevalecem as gorduras insaturadas (monoinsaturadas e polinsaturadas). Para reduzir o consumo de gordura saturada, consuma menos carnes gordas, enchidos e produtos lácteos gordos. As gorduras monoinsaturadas encontram-se no azeite e óleo de amendoim, nas amêndoas e nas azeitonas. As gorduras polinsaturadas dominam a composição dos óleos vegetais como os de girassol, milho ou soja, presentes nas margarinas e nos cremes vegetais para barrar e cozinhar, e nos peixes gordos (sardinhas, salmão, cavala, atum, etc.).
  • Porque são saudáveis as gorduras vegetais?
    Porque são ricas em gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas, sendo mais saudáveis devido à sua composição.

    Para mais informação consulte: http://badfats.world-heart-federation.org/goodfats/
  • As gorduras saturadas são prejudiciais à saúde?
    O consumo elevado de gorduras saturadas (de origem animal) aumenta os níveis de colesterol no sangue, contribuindo para o “entupimento” das artérias e provocando doenças cardiovasculares.

    Para mais informação consulte: http://badfats.world-heart-federation.org/bad-fats/
  • Os cremes vegetais para barrar e cozinhar têm colesterol?
    Não, os cremes vegetais não contêm colesterol, porque são feitos a partir de óleos 100% vegetais.
  • Os cremes vegetais são ricos em vitaminas?
    Os cremes vegetais são ricos em vitaminas A, D e E. As vitaminas desempenham inúmeras funções, ajudando ao bom funcionamento do organismo.
  • Os cremes vegetais para barrar e cozinhar têm como ingrediente gorduras parcialmente hidrogenadas e gorduras trans?
    Não, os cremes vegetais não são feitos a partir de gorduras parcialmente hidrogenadas, por isso também não contém gorduras trans.
  • É melhor cozinhar com cremes vegetais?
    Os cremes vegetais são uma gordura de origem vegetal saudável. As gorduras animais não suportam temperaturas elevadas, queimando e adulterando as suas propriedades, e por isso a sua utilização na confecção de alimentos é desaconselhada. O consumo de gorduras vegetais é aconselhado pela Federação Mundial do Coração* em detrimento das gorduras animais (manteiga e banha). A margarina, os cremes vegetais e o azeite são as gorduras aconselhadas para confecionar alimentos pois tem a particularidade de aguentar altas temperaturas.

    http://badfats.world-heart-federation.org/changediet/
  • Qual a diferença entre um creme vegetal para barrar e cozinhar e uma margarina?
    Os cremes para barrar e cozinhar são de origem vegetal e podem ter matérias gordas entre 63 e 79%, 42 e 59% e as margarinas têm de ter um teor de matérias gordas mínimo de 80% e máximo de 90%.
  • Por que é que adicionamos a ovo na nossa receita caseira de creme vegetal?
    Uma pequena quantidade de ovo é utilizada na nossa receita porque naturalmente contém lecitina que serve como emulsionante para misturar água e óleo (como por exemplo a mostarda é usada em vários molhos para ajudar a mistura de vinagre e azeite)
  • Quão parecida é a receita da fábrica com a caseira?
    Esta receita respeita os princípios básicos da receita de qualquer creme vegetal: uma mistura de óleos, gordura e água. Na fábrica, podemos controlar melhor a temperatura e condições de mistura, de modo a que a mistura de óleos possa ser optimizada. Além disso, na fábrica, são apenas adicionados ingredientes valiosos aos óleos vegetais como é o caso das vitaminas A, D e E. Os carotenóides, conhecidos como os componentes que dão a cor à cenoura, tomate e abóbora, são também adicionados para dar aos cremes vegetais a sua cor amarela.